Visual merchandising – Definição e exemplos

Entende-se por visual merchandising a promoção de vendas visual, ou seja, o aspeto puramente visual do merchandising. O conceito é aplicado nos locais onde os clientes entram em contacto com produtos e serviços. Entre eles contam-se, por exemplo, lojas, feiras ou eventos especiais.

Point of Sale (POS) e Point of Purchase (POP)

O Point of Sale (ponto de venda) é o local onde é realizada e concluída uma venda. Do ponto de vista do cliente, este também pode ser designado por Point of Purchase (ponto de compra).

O ponto de venda clássico é o espaço comercial, ou seja, o estabelecimento retalhista, no qual o cliente tem contacto direto com o produto. Isto abrange todo o tipo de espaços de apresentação e vendas.

Configurar o visual merchandising online

Os nossos EasyCubes são um artigo popular para a decoração de montras, apresentação de marcas ou introdução de novos produtos. O nosso configurador online facilita o planeamento do seu projeto!

Comunicação visual na loja

O visual merchandising é frequentemente visto como uma extensão do marketing, trazendo conceitos de identidade corporativa ou design corporativo para o espaço comercial. Todas as filiais de uma empresa são, portanto, projetadas de acordo com o mesmo conceito no que diz respeito ao seu design.

A imagem global de uma empresa ou linha de produtos resultante disto é usada para a comunicação visual com o cliente. Exemplos dos elementos de design incluem a fachada da loja, a montra, a zona de entrada, a iluminação, bem como o tipo de disposição e apresentação dos produtos.

O objetivo do visual merchandising é a apresentação ideal de produtos ou serviços. A intenção é despertar a atenção e o interesse do público-alvo e estimular a compra. O visual merchandising ajuda a alcançar objetivos empresariais, tais como a aquisição de novos clientes ou a promoção de vendas.

Trata-se de um instrumento da política de comunicação no marketing. Este instrumento não desempenha apenas um papel no marketing-mix do clássico retalho de moda. Especialmente no mercado comprador é onde a apresentação de produtos e a decoração de montras se revelam um importante instrumento de política comercial.

 

Visual merchandising em diferentes espaços

Numa feira, a ideia é atrair o cliente de longe para o seu stand. A empresa deve ser rapidamente identificável e chamar a atenção de potenciais clientes para o seu stand. Aqui, o que está em primeiro plano é marcar presença com um stand apelativo.

Com o visual merchandising, pode destacar-se de outras empresas expositoras e colocar o foco na sua empresa. Na construção de um stand de exposição, são usados expositores de banner, travessas, painéis luminosos ou mobiliário para stands, entre outros.

Quando se trata da decoração da montra, o objetivo continua a ser despertar o interesse dos passantes. Uma disposição e encenação apelativas podem despertar nas pessoas a vontade de entrar na loja. Na montra, encontram-se frequentemente manequins que são ideais para a exposição de vestuário. Estas figuras podem ser decoradas e vestidas de forma estratégica.

Cabe também ao visual merchandiser tratar da decoração e iluminação da montra. Nela podem ser destacados artigos especiais ou produtos sazonais. Também as montras digitais ganham cada vez mais destaque.

No espaço comercial, é possível influenciar o comportamento dos clientes através da apresentação de produtos e disposição da loja. Isto pode resultar numa permanência mais longa e incitar a chamada compra por impulso. Dependendo do layout da loja e do setor, são usados diferentes meios ou expositores para a promoção de vendas.

O visual merchandising no ponto de venda visa abordar o cliente com recursos visuais. Para tal, são usados diferentes materiais de marketing e de ponto de venda, a fim de atrair conscientemente a atenção do cliente. Um ambiente de compras agradável fortalece o vínculo com o cliente e representa um fator importante para a conquista de novos clientes.

Visual merchandiser – Formação e descrição do cargo

profissão criador de marketing visual também se designa por visual merchandiser ou decorador. Este ocupa-se com a conceção, a decoração de montras e espaços e posterior controlo financeiro. O objetivo é abordar os clientes e o público-alvo e exercer influência sobre o seu comportamento de compra ou estado de espírito. O visual merchandiser trabalha na construção de stands, no comércio retalhista ou em eventos.

Como tornar-se um visual merchandiser?

A formação para se tornar um criador de marketing visual tem a duração de três anos. Trata-se de uma formação em alternância.

Visual merchandising e VKF Renzel

Nós, a VKF Renzel GmbH, disponibilizamos diversos materiais de ponto de venda para implementar com sucesso o visual merchandising no ponto de venda. Somos o seu parceiro de confiança para a decoração e organização do ponto de venda, ponto de compra e montra. Oferecemos uma vasta seleção também no setor de feiras e eventos.

Enquanto fabricante, oferecemos-lhe a opção de adquirir produtos sob medida para a sua empresa. Descubra agora os produtos certos para o seu conceito de visual merchandising.
Close menu

View products

warning

Luis & Castro, Lda
Voltar ao topo